Sex Education | Nova série da Netflix vai muito além do sexo na adolescência. Confira! - Blogando Cultura Sex Education | Nova série da Netflix vai muito além do sexo na adolescência. Confira! | Blogando Cultura
19 comentários

Sex Education | Nova série da Netflix vai muito além do sexo na adolescência. Confira!

16.1.19
sex-education-nova-serie-netflix-critica


De origem britânica, além do sexo, série traz temas que são discutidos na atualidade, como por exemplo, homofobia. Confira!

Quando falamos de sexualidade, não estamos nos referindo apenas a sexo, mas a pessoas, relações, sentimentos, desejos, cuidados com a saúde, enfim, vida. E é pra isso que “Sex Education”, nova produção britânica da Netflix veio pra jogo.

Conheça Otis Milburn – um inexperiente e socialmente desajeitado estudante do ensino médio que vive com sua mãe, uma terapeuta sexual. Rodeado de manuais, vídeos e conversas tediosamente abertas sobre sexo, Otis é um especialista relutante no assunto. Quando sua vida em casa é revelada na escola, Otis percebe que ele pode usar seu conhecimento especializado para ganhar status. Ele se une a Maeve, uma bad girl esperta, e juntos eles montam uma clínica de terapia sexual discreta para lidar com os problemas estranhos e maravilhosos dos colegas. Através de sua análise da sexualidade adolescente, Otis percebe que ele pode precisar de alguma terapia própria. (Sinopse Netflix).

Lançada na última sexta-feira (11), a série Sex Education traz a história de Otis (AsaButterfield), um adolescente virgem e com algumas dificuldades sociais.

Morando com sua mãe chamada Jean (Gillian Anderson) que é terapeuta sexual, Otis é cercado por conversas, reuniões, tudo voltado para o sexo e acaba que, mesmo sem participar, se torna um especialista no assunto.

Junto de sua amiga/crush Maeva (Emma Mackey), que não é lá uma boa companhia (de início), Otis resolve criar uma clínica clandestina na escola para ajudar os alunos que têm dificuldade de se relacionarem sexualmente.

sex-education-nova-serie-netflix-critica
Otis & Maeve
Foto: Divulgação/Netflix

A produção criada por Laurie Nunn é recheada de cenas de sexo, portanto, se você for assistir com seus pais ou até mesmo crianças, cuidado; a primeira cena já é bem intensa e explícita.

Toda a história é contada ao longo de 08 episódios, cada um com aproximadamente 50 minutos, alguns com muita gargalhada e outros com muitas lágrimas (só não disse onde hahahaha).

Sex Education - Roteiro


Bom, começando pelo roteiro, Sex Education foi muito bem construída e foge de todo o clichê que estamos acostumados a ver em séries e filmes do mesmo gênero. O modo em que os personagens são abordados e como a história é contada, te dá a oportunidade de aprofundar e até mesmo criar um laço afetivo com eles. Por ser uma série curta, toda a história ficou muito bem desenvolvida, não deixando dúvidas em nada.

Ainda dentro do roteiro, outra coisa que ficou sensacional foi a inclusão de problemas sociais que fazem parte do nosso dia-a-dia. Ou seja, a série não é especificamente só de sexo, mas fala também de homofobia, aborto, bullying, problemas familiares, dentre outros assuntos que só acrescentaram e deixaram a produção ainda melhor.

Se você acha que estes “outros” assuntos são tratados de forma superficial, está enganado. Tudo é aprofundado de uma forma que você sente na pele o que cada personagem está vivendo.



Sex Education - Atuação


A atuação dos personagens para desenvolver os outros problemas citados é impecável, dando total destaque para o Eric (Ncuti Gatwa), que é o BFF de Otis.

Gay, afeminado e de família cristã, ele tem uma jornada difícil, é alvo de homofobia e tem muita dificuldade de auto aceitação, o que torna a vida ainda mais sofrida. A amizade entre ele e Otis é maravilhosa e quebra todos os pré-conceitos de que um homossexual e um hétero não são apenas amigos.

sex-education-nova-serie-netflix-critica
Eric & Otis
Foto: Divulgação/Netflix

Claro que não podemos descartar a história de Maeve, que acaba engravidando na adolescência; Adam, que tem problemas de relação com o pai; Jackson, que vive em função da vontade das mães (sim, ele tem duas); Aimee, que aceita tudo para ser do grupo dos famosos e, claro, Otis, que além do problema de se relacionar sexualmente, tem que lidar com uma mãe “super” protetora, que quer participar de tudo o que ele faz.

Cenário / Trilha Sonora – Sex Education


Alguém me conta, por favor, quem foi o responsável por escolher o cenário e trilha sonora da série? Preciso encontra-lo e dar os parabéns, sério! Uma nostalgia aos anos 80, que só DEUS! O figurino, a fotografia, os cenários, tudo muito show e emocionante. 

Opinião final - Sex Education


Para finalizar, Sex Education é sem sombras de dúvidas um acerto e tanto da dona Netflix. Ela se torna interessante justamente por abordar vários assuntos que são vividos por nós todos os dias. A primeira temporada foi muito boa e espero que a segunda (se God quiser, terá) seja melhor ainda. Sem falar que a primeira temporada deixou um gancho e tanto para uma segunda, então: "Em nome do pai / Em nome do filho / Em nome do espirito santo...oremos!

Miga, Netflix! Please! Uma nova temporada, tá?

Enfim, para quem procura uma série adolescente com uma boa trama, ótimo roteiro, afim de dar umas gargalhadas e se envolver com a vida dos personagens, Sex Education é o nome dela.

SUPER INDICO "Sex Education" e minha nota para ela é ✫✫✫✫✫

Você já assistiu a série? O que achou? Concorda com o que disse? Me conta aqui nos comentários 😉


Não esqueça de seguir o blog lá no instagram @blogandocultura. Tudo sobre filmes, séries, cultura pop em geral, você encontra lá!

Com CULTURA, Ruan Morais!

Continue Lendo

19 comentários:

  1. Oi! Tudo bom?
    Eu já ouvi falar horrores dessa série - o que não é pra menos, ela está bombando em todas as redes sociais, não é mesmo? Não vi AINDA, mas morro de vontade de assistir. Em breve se tudo der certo! Eu curti muito como você fez a análise, ficou bem completo.
    Abraço,
    Gislaine | Literalize-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! Sim! Embora ela não tenha tido um "excesso" de marketing, assim como Bird Box, tá crescendo demais e as impressões nas redes sociais também só crescem. Assista sim e volte aqui pra me falar o que achou ;) Obrigado!

      Excluir
  2. Eu vi o trailer da série esses dias e achei a ideia bem bacana e original. Fico feliz que a série não foca só no tema sexo e engloba diversas questões importantes. Acho que vou dar uma chance pra ela :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eu vi o trailer, pensei que seria só sexo, acredita? Mas quando assisti, me surpreendi haha. Assista mesmo! Depois volte aqui e me conte o que achou ;)

      Excluir
  3. Oie! Tudo? Antes de tudo, eu preciso dizer, que resenha incrível sobre a série! Adorei a forma que você escreve e conduz a narrativa (será que posso chamar assim?), ou talvez seja a forma que estruturou o post. Não sei, mas enfim, adorei! Tem umas resenhas de séries e filmes que leio penando rsrs Não por serem ruins, mas por ser monótono ou apenas mais do mesmo. Mas adorei a forma que você abordou a construção dos personagens, a trilha sonora, cenas, o diálogo sobre temas cotidianos. Adorei e já tenho uma série para assistir esse final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaah! Que gracinha <3 É por comentários como esse que sempre procuro melhorar o conteúdo do blog ;) Realmente tem resenhas que dão preguiça ou que dizem nada com nada, em um único bloco. Assista a série me conte o que achou!

      Excluir
  4. Eu já tinha ouvido falar da série e adicionado ela a minha lista na Netflix, mas depois do seu post acho que nem vou mais esperar e vou é começar ela hoje mesmo! Parece muito interessante e aborda ótimas temáticas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem legal, sério! Atendeu todas as minhas expectativas e já quero uma segunda temporada haha. Assista lá e me conte o que achou ;)

      Excluir
  5. Resolvi assistir essa série semana passada e em um dia terminei! Adorei a temática, as abordagens e etc. É muito bem construída e com uma linguagem bem simples, o que é ótimo.
    Inclusive, shippo muito Adam e Eric <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A abordagem de outros assuntos que não fosse "sexo", deu um toque diferente para a série. Acredito que se fosse em torno de um único "nicho", não seria tão boa. Eric se tornou protagonista da série e tomou o lugar do Otis com toda a certeza. Adam agora tem que fazer parte disso e espero que na próxima temporada estejam juntos haha

      Excluir
  6. Oii!! Eu vi o trailer e pensei em assistir, mas achei que era filme.. Ai depois vi que era seriado e fiquei com preguicinha. Mas agora TÁ TODO MUNDO FALANDO SOBRE!! Acho que vou maratonar nesse final de semana. Gostei da sua resenha, foi além! Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina! Não perca tempo e assista já, sério! É muito boa, tem uma abordagem incrível e ao mesmo tempo crítica. Tá show demais esse série <3

      Excluir
  7. Não sou muito fã de série, apenas as de investigação criminal que vejo muito rs

    ResponderExcluir
  8. Que bacana! Eu reconheço a importância dos assuntos abordados, mas nem dei bola pra série porque achava que era tipo uns documentários hiauhaui. Pela postagem, acho que é uma ótima maneira de abordar esses assuntos, ainda mais voltado para o pessoal mais jovem! Valeu a dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Tem uma linguagem bem contemporânea, atual, que deixa o entendimento bem mais fácil. Vale muito a pena assistir, sério!

      Excluir
  9. A série é muito boa, os personagens são ótimos. Eu realmente gostei muito de assistir. Aguardo muito a nova temporada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já necessito desde o fim dessa. Bom que já está confirmada e já já está entre nós haha

      Excluir

Blogando Cultura - 2019 Design e desenvolvimento por: Lariz Santana